segunda-feira, 30 de maio de 2011

Nome para as ARENAS brasileiras


No embalo no início das obras do novo estádio do corithians que iniciaram-se dia 30 de maio, começam também a surgir os rumores referentes ao nome do tão sonhado estádio do corinthians. Alguns falam em Itaquerão, outros em Fielzão, mas na verdade a diretoria corinthiana está muito ligada nesse assunto e pelo jeito não será nenhum desses nomes tão cogitados pela imprensa e pela fiel torcida.

  Pensando no quanto o clube pode arrecadar com o naning rigths, a diretoria do corinthians nem cogita batizar o futuro estádio com algum nome popular, com medo que isso possa prejudicar a negociação para o nome do estádio com algum futuro parceiro.

Ou  você imagina alguma empresa desembolsando uma grande fortuna para colocar seu nome no estádio do maracanã, sabendo que o mesmo será chamado por todos pelo nome de maracanã e não pelo nome desejado pela empresa que terá pagado para usufruir desse espaço.

Assim imagino que  os estádios de cidades como Brasília, Cuiabá, Natal, Recife, e São Paulo possam conseguir arrecadar mais com naning rights e ver o nome dos seus estádios se tornarem mais popular do que os estádio de Minas, Rio de Janeiro e Porto Alegre, aonde o nome dos estádios tem um forte apelo popular, sendo praticamente impossível não chama-los pelo seus tradicionais nomes. Ou você consegue ver os torcedores do Internacional dizendo: Vamos lotar o Tramontinão para amassar o adversário, ou os torcedores de Cruzeiro e Atletico lotando a Petrobras Arena para mais um clássico. É DIFÍCIL IMAGINAR.

Mas contrariando o que falei, cito uma reportagem que tive a oportunidade de ler a alguns dias que afirmar que  o naming rights dos estádios da Copa podem chegar a  R$ 1,3 bilhão em aproximadamente 15 anos.
 Aonde do ponto de vista do mercado, os estádios da Copa mais atrativos para o naming rights são os de São Paulo (Arena Corinthians), Rio de Janeiro (Maracanã) e Belo Horizonte (Mineirão), os três com potencial em torno de R$ 300 milhões ao longo de 15 anos. 


 

Num patamar abaixo estaria a Fonte Nova, em Salvador, cotado em R$ 100 milhões, e os estádios de Porto Alegre (Beira-Rio) e de Curitiba (Arena da Baixada), ambos com valor um pouco menor em função das dificuldades de negociação, por serem estádios privados.
 



Logo abaixo viriam os estádios de Brasília, Recife e Fortaleza, com valor entre R$ 80 milhões e R$ 60 milhões. E por fim, as arenas de Natal, Cuiabá e Manaus, com valor em torno de R$ 60 milhões.

É aguardar e torcer bastante para que esses valores realmente apareçam!!! 


Por: Lucas Colpo Marramarco
Mais informações sobre marketing esportivo

4 comentários:

  1. Olá. Estou criando um blog de resultados de partidas de futebol. Gostaria de fazer uma parceria de troca de links com a sua página. Se aceitar coloque no seu blog por favor o seguinte link: http://tabelasegols.blogspot.com e me avisa em algum comentário.

    Att

    ResponderExcluir
  2. Boas!

    Adoro este blogue!

    Podes adicionar o meu aos teus links sff?

    http://davidjosepereira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, poderia me passar seus contatos de email e telefone no email juliana@pressfc.com.br? Obrigada

    ResponderExcluir
  4. 6º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE GESTÃO DO ESPORTE
    Já viu a atualização da programação do nosso Congresso? Acesse e confira: http://www.cigesp2015.com/#!palestrantes/cbwk
    Estamos preparando um grande evento, com grandes nomes da Gestão do Esporte! Não fique de fora do maior encontro de gestores do esporte do Brasil! Será dias 27 e 28 de novembro, no Estádio do Maracanã.
    Além disso, você sabia que você também pode ser protagonista desta história? Inscreva seu trabalho pelo http://www.cigesp2015.com/#!submissaodetrabalhos/c1qso. Os trabalhos selecionados pela comissão científica serão apresentados durante o evento. É a oportunidade de expor suas ideias e trocar experiências com outros estudantes ou profissionais da área.
    INSCREVA-SE, CONVIDE SEUS AMIGOS, COMPARTILHE E VENHA PARA A CIDADE DOS MEGAEVENTOS ESPORTIVOS CONTRIBUIR COM O DESENVOLVIMENTO DO ESPORTE NO BRASIL!

    ResponderExcluir